sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Historia do Sol e da Lua

Quando o Sol e a Lua se encontraram pela primeira vez , se apaixonaram perdidamente e a partir dai começarama viver um grande amor.
Acontece que o mundo ainda nao existia e no dia que deus resolveu criá-lo deu-lhes entao o toque final... o brilho!
Ficou assim decidido que o Sol iluminaria o dia e que a lua iluminava a noite, sendo assim, seriam obrigados a viver separados.
Abateu-se sobre eles uma tristeza quando tomaram conhecimento que nunca mais se encontrariam. A Lua foi ficando cada vez mais amargurada, mesmo com o brilho que Deus lhe havia dado, ela foi se tornando solitaria. o Sol por sua vez tinha ganho o titulo de ASTRO REI mas isso tambem não o fez feliz.
Deus entao chamou-os e explicou-lhes:
Você Lua iluminará as noites frias e quentes, encantará os enamorados e será diversas vezes motivo de poesias. Quanto a voce Sol, sustentará esse titulo porque será o mais importante dos astros, iluminara a terra durante o dia, fornecerá calor para o ser humano e a sua simples presença fará as pessoas mais felizes.
A Lua entristeceu-se muito com o seu terrivel destino e chorou dias a fio... já o Sol ao vê-la sofrer tanto, decidiu que não poderia deixar-se abater pois teria que dar-lhe forças e ajuda-la a aceitar o que havia sido decidido por Deus.
No entanto sua preocupação era tão grande que resolveu fazer um pedido, Senhor ajude a Lua ela é mais fragil do que eu, não suportará a solidão, e Deus em sua imensa bondade criou então as estrelas para fazerem companhia a ela.
A Lua sempre que está muito triste recorre as estrelas que fazem de tudo para a consolarem, mas nem sempre conseguem, hoje eles vivem assim... separados, o Sol finge que é feliz, a Lua nao consegue esconder que é triste, o Sol ainda esquenta de paixão pela Lua, e ela ainda vivena escuridão da saudade.
Dizem que a ordem de Deus é que a Lua devia ser sempre cheia e luminosa, mas ela não consegue isso... porque ela é mulher e a mulher tem fases, quando feliz consegue ser cheia, mas quando infeliz é minguante e quando minguante nem sequer é possivel ver o seu brilho.
Lua e sol seguem seu destino, elesolitario mas forte, ela campanhada das estrelas mas fraca, humanos tentam a todo o instante conquista-la. como se isso fosse possivel.
Acontece que Deus decidiu que nenhum amor neste mundo seria impossivel, nem mesmo o da Lua e do Sol... foi então que ele criou o eclipse.
Hoje Sol e a lua vivem a espera desse instante, desses raros momentos que lhe foram concedidos e que custao tanto a acontecer.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Uma experiência nova

Quem me conheçe sabe que sou de pancas por isso hoje acordei com uma panca muito forte decedi que tinha de descarregar energias.
Como podem reparar o tempo não está muito famoso mas mesmo assim decedi pegar na bicicleta e fazer-me a estrada ainda sem chuva, estava mesmo com pica para pedalar não sabia era que custava tanto parei para ai umas 5vezes em 12 kilometros... heheheh
Isto tudo para dizer que de volta a casa começou a chover e acreditem que não era chuva miudinha, mas foi uma sensação tao agradavel, a maioria das pessoas que passavam por mim deviam pensar olha-me bem para esta maluquinha, enquanto o que eu pensava era que raiva, que raiva que eu tenho de ti e pedalava, pedalava, quanto mais raiva mais força tinha para pedalar, mas a chuva arefece as ideias e a meio do caminho de volta a casa só pensei em aproveitar aquela sensação que me pareceu unica... mas estava enganada ouvi dizer que chove até ao final da semana por isso a estrada espera-me por mais alguns dias de sensações agradaveis. ;)

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

uma simples explicação

Como já devem saber não tenho por habito postar todos os dias algo no meu blog, nao é preguiça ou falta de imaginação, simplesmente penso que só devo escrever alguma coisa quando tenho realmente algo para dizer, escrever por pura banalidade nao faz parte do meus principios, a minha escrita nao é de todo uma obra de arte a maioria são pensamentos nocturnos, actos sentimentalistas.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

És um cobarde

Fazeres o que fizes-t aquela que disseste ser a pessoa que esteve contigo nos piores momentos, nos momentos em que mais precisas-t... foi um acto pouco digno, no entanto há males que bem para bem, se nao o tivesses feito nao teria nunca descoberto a tamanha força que tenho dentro de mim, os amigos sao necessarios para superar tudo, neste caso os teus foram uma grande ajuda.

Nao precisas te esconder de mim pois não te pertendo fazer-t mal, só quero que saibas que por mais que apagues tudo sobre mim nunca me irás conseguir esquecer, podes conquistar meio mundo de mulheres mas te lembraras sempre de mim.

Quanto a mim descobri que podemos amar quem não nos ama, mas um grande amor nao é um companheiro de um vida.

Desta vez e defenitivamente o capitulo a Marcio chegou ao fim

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Me denuncio através do sorriso através de um simples olhar













Já li várias teorias sobre o que nos faz sorrir e sem duvida não há melhor motivo para sorrir de que o amor, o meu amor é o motivo do meu sorrir e quando lhe tento explicar o quanto o amo ele simplesmente diz: " meu amor não precisas de me explicar eu consigo ver no teu olhar".

sábado, 29 de novembro de 2008