sexta-feira, 23 de maio de 2008

Amor Platónico (continuação)


Na manhã seguinte acordei decidida que aquela provocação do dia anterior não iria ficar impune.

Levantei-me para ir trabalhar felizmente o trabalho hoje não seria muito e provavelmente ao final da manha já estaria de volta a casa...

de volta a casa ao final da manhã como previsto e com uma comprinha especial...

chegava a altura de começar a preparar a minha vingancinha, eu sabia todos os seus habitos, até as horas a que costumava chegar a casa, por isso... estava na hora não me podia descuidar em nada vestida para matar, prendinha na mão, chaves de casa... 17h em ponto já o vejo a chegar, propositadamente coloco-me na frente da sua porta de entrada.

Ele aproxima-se olha para mim reflete um pouco, mas logo me convida para entrar começa assim um enorme jogo de sedução em que o unico objectivo era eu sair vencedora, por isso deixo-o pensar que finalmente conquistou a sua preza, não demorou muito a passarmos da sala para o quarto sempre sem haver alguma especie de contacto fisico mas sempre envolvidos por um enorme desejo, dou-lhe a entender que pode avançar o desejo é tanto que ele logo vai tirando a sua roupa, primeiro a camisa, depois as calças e é nesse momento que o empurro para cima da cama chegou a altura da supresa há que utilizar a nova comprinha que com tanto carinho tinha comprado hoje de manhã, sem mais demora retiro as algemas e prendo-o a cama, saio de cima dele com ar de malvada coloco a chave do seu novo brinquedo num local estrategico onde ele a consiga pegar para se soltar mas não com muita facilidade, despeço-me dele atirando um beijo, fechando a porta bem devagar...

De regresso a casa me dirijo para a varanda esperando qe ele apareça, demora um pouco até que ele se consiga soltar mas finalmente lá aparece ele com um sorriso nos labios e com as algemas na mão em acto de provocação, tapo a cara com as mãos fingindo-me de envergonhada, mas não aguentando mais e começo-me a rir... a noite se prolongou entre sorrisos e provocações...

3 comentários:

conhecimento disse...

Não acredito que não tenhas sentido a sedução.
Fos-te de certeza seduzida e bem!
Mas conta mais, não fica por aqui pois não?

Anónimo disse...

tá muito boa esta e foste bem comida? Sube-te bem e vieste-te melhor?

mundo_da_triska disse...

Não não fica por aqui... mas juro que não aconteceu nada... não fui"comida" nem "comi" ninguem...
foi mesmo um acto de provocação... não falata muito para a historia chegar ao fim... aguarde...